Pesquisas no GOOGLE

Saber como realizar pesquisas pelo google é muito importante para se atingir objetivos. Leiam o artigo abaixo e com certeza melhorarão muito o nível de suas buscas.

fonte: http://www.brlive.com.br/blog/20-dicas-para-voce-detonar-no-google/

O Google, como ferramenta de pesquisa, é muito mais complexo do que aparenta sua singela página inicial. Existe um verdadeiro arsenal de opções para refinamento de busca que a maior parte dos usuário simplesmente desconhecem.

Nós reunimos algumas delas. Confira:

1) Usando aspas duplas

Você pode ainda não ter percebido, mas usar ou não aspas duplas em uma pesquisa do Google faz muita diferença. Se você digita “Receita de bolo de chocolate”, o Google irá mostrar somente páginas de site que contenham exatamente esta sequência de palavras. Se você digitar Receita de bolo de chocolate, o Google irá mostrar os sites que apresentam todas as palavras digitadas, independente se elas estão na seqüência que você digitou ou não (ou seja, formando a frase que você digitou ou simplesmente espalhadas pela página). Desta forma, se você deseja um resultado mais preciso, que encontre exatamente a frase do jeito que você digitou, use aspas duplas. Se você pretende uma busca mais genérica, não use aspas.

2) Forçando o Google a incluir um termo na pesquisa (Operador +)

Algumas palavras, às vezes, são ignoradas pelo mecanismo de busca do Google. Isso acontece porque o Google utiliza o conceito de “stop words”. “Stop Words” são palavras que o mecanismo ignora por serem irrelevantes à maioria das pesquisas. Por exemplo, em Bolo de Chocolate a palavra “de” é normalmente ignorada (a não ser que a frase inteira esteja entre aspas duplas). Mas se usar aspas duplas não traz exatamente o resultado que você deseja, existe uma outra maneira de fazer com que o Google inclua uma palavra digitada na pesquisa. Basta acrescentar como prefixo o sinal “+“. Isso força o mecanismo a encontrar determinado termo. Um bom exemplo seria procurar por Star Wars Episode I. Se você não colocar a frase inteira entre aspas, o mecanismo irá ignorar o “I“. Para forçar a pesquisa de “I“, digite Star Wars Episode +I. O sinal “+” também serve para fazer com que o google não procure por similares. Por exemplo, se você digitar favorite +book, o google procurará por favorite e, também, por favourite. Para evitar isso, acrescente um sintal de mais em favorite, ou seja, +favorite.

Observação: não coloque o sinal de + seguido de espaço. O sinal deve ficar “colado” na palavra desejada.

3) Forçando o Google a excluir um termo da pesquisa (Operador -)

Se você deseja procurar, por exemplo, por “salsa” (planta), mas quer evitar os resultados que tem relação com a dança salsa, basta digitar: salsa -dança.

4) Forçando a inclusão de similares (Operador ~)
Ao usar o operador “~” como prefixo para seus termos de pesquisa, você está informando o mecanismo do Google que ele está autorizado a exibir como resultado termos similares ao que foi digitado. Por exemplo ~correr retorna, além do termo “correr”, termos como “corrida”, “corra”, etc… 
Observação: Este operador parece funcionar melhor para termos em inglês.

5) Um ou outro, mas não ambos! (Operador |)

O operador | (barra vertical ou “pipe”) funciona como um operador lógico “OU”. Aliás, a barra pode ser substituída por essa palavra. O resultado é o mesmo.
Este operador faz com que o Google devolva resultados relacionados a um termo de pesquisa ou outro, mas não ambos em um mesmo local. Por exemplo, o termo de pesquisa Tahiti | Hawaii retorna resultados sobre Tahiti e Hawaii, mas não retorna páginas onde existam essas duas palavras simultaneamente.

Adicionalmente você pode incluir mais termos neste tipo de pesquisa, por exemplo:
Tahiti | Hawaii | Fiji

6) Trabalhando com intervalos numéricos (Operador ..)

Quer saber informações sobre Guerras ocorridas entre os anos de 1900 e 2000? É fácil. No Google digite guerra 1900..2000. Quer saber sobre revoluções ocorridas entre 1500 e 1900? Digite revolução 1500..1900.

7) Trabalhando com curingas (Operador *)

O operador *, num termo de pesquisa que estiver entre aspas, funciona como o caractere curinga do DOS. Por exemplo: Digamos que você não se lembre do nome completo do famoso diretor de cinema Francis Ford Coppola. Se você digitar ?Francis * Coppola? no Google, o mecanismo de busca irá substituir o * por qualquer palavra que exista entre as palavras Francis e Coppola. No nosso caso, a palavra Ford.

8) Modificando o número de resultados por página de pesquisa

Você não precisa ir ao formulário de pesquisa avançado para modificar o número de resultados por página que o mecanismo de busca do Google retorna. Basta fazer a pesquisa normalmente e, após o Google exibir o resultado, acrescentar &num=x no final da string URL no navegador, onde x é o número desejado por página.

9) Especificando tipo de arquivo para os resultados

Você pode filtrar os resultados obtidos por tipo de arquivo. Por exemplo, se você procura por “Universo” e deseja receber somente os resultados que estiverem no formato PDF, então basta usar o operador de pesquisa “filetype:”. Exemplo: universo filetype:pdf

10) Forçando o Google a procurar em um site específico

Se você deseja receber os resultados de pesquisa provenientes de um único site, basta utilizar o operador “site:”. Por exemplo internet site:brlive.com.br

11) Forçando o Google a procurar em um tipo específico de domínio

Pode ser que você queira excluir os sites comerciais (.com) do resultado de suas pesquisas. Digamos, por exemplo, que você quiera procurar por “universo” somente em sites governamentais (.gov). Para isso, use a seguinte string de pesquisa: universo site:.org

12) Forçando o Google a procurar o termo desejado somente no endereço

Você pode fazer com que o google “olhe” apenas no endereço para procurar por um termo. Por exemplo: allinurl:cachorro irá retornar somente sites que contenham a palavra cachorro em seus links URL.

13) SafeSearch

O Google dispõe de um mecanismo que pode filtrar automaticamente conteúdo pornográfico ou sexualmente explícito. Basta incluir, ao final da url de pesquisa, a string &safe=active

14) Busca por sites semelhantes

Você pode procurar por sites parecidos com algum outro que você já conhece. Por exemplo, para procurar por sites semelhantes ao www.brlive.com.br, digite related:http://www.brlive.com.br

15) Busca por sites que têm link para um site específico

Você pode tentar descobrir quais são os sites que possuem link para o seu site usando o operador “link:”. Por exemplo, para saber quais são os sites que têm link para o site fazenda.gov.br, digite link:www.fazenda.gov.br

16) Buscar somente nos campos de título de uma página

Se o que você está procurando tem que estar no título de uma página, utilize o operador “allintitle:”. Por exemplo: allintitle:carros

17) Buscar somente no texto de uma página

Se o que você está procurando tem que estar no texto de uma página, utilize o operador “allintext:”. Por exemplo: allintext:carros

18) Pesquisando dentro do cache do google

O Google normalmente armazena uma versão do site em um cache particular, de modo que você pode consultá-lo caso o site que você esteja procurando estiver fora do ar. Para fazer isso, utilize o operador “cache:”. Por exemplo:cache:www.fazenda.gov.br

19) Calculadora

O Google pode ser usado como uma calculadora. Experimente, por exemplo, digitar:

2 + 2 (2 mais 2)

2 ? 2 (2 menos 2)

2 * 2 (2 vezes 2)

2 ^ 2 (2 elevado à 2)

2 sqrt 2 (raiz quadrada de 2)

5*9+(sqrt 10)^3=

Fonte: SuperDownloads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: